21.2 C
Brasil
segunda-feira, janeiro 30, 2023

Saiba como conservar tapetes e carpetes com bichinhos de estimação em casa

Publicidade

Ter um pet é uma dádiva pois eles nos dão muito amor e carinho 24 horas por dia e são incansáveis nesse sentido, deste modo temos diversas vantagens ao possuir um animal de estimação em casa, porém nem tudo são flores e entre tantas qualidades eles também demandam cuidado e atenção.

Além de gastos financeiros com veterinário, brinquedos, rações e pet shop, ter um bichinho requer muita atenção quanto à higienização da casa, principalmente se há tapetes e carpetes espalhados pela sua residência, pensando nisso veremos algumas dicas essenciais para resolver isso.

Qual é o tapete ideal?

Publicidade

Para essa situação os tapetes mais indicados são os laváveis ou fabricados com materiais sintéticos, como o sisal e o polipropileno. Além disso são os indicados para quem tem pet os tapetes de cores mais escuras, assim acaba evitando a evidência da sujeira, já quando estamos falando de carpetes, devemos ter um cuidado redobrado. Os tapetes de sons claros são ideais para espaços com menos circulação, como a parte dos quartos, já que são mais suscetíveis à sujeira.

Como evitar o mal cheiro da urina no ambiente?

É essencial para um pet ter os seus cinco pilares de bem-estar, possuir as áreas de descanso, higiene e alimentação separadas uma das outras, algo fundamental para a organização do espaço e a redução do inconveniente de eliminação em locais indesejados, dessa forma tudo será mais fácil de lidar.

Adaptação de lugares

Todos devem ter em mente que quando trazemos um pet para a nossa casa, devemos fazer adaptações de modo que ele se sinta confortável, para os pets não existe um “local ideal” para fazer as suas necessidades e para eles a demarcação do território é algo instintivo e urinar ou defecar em qualquer é o natural.

Publicidade

Como adestrar o animal para que ele faça suas necessidades nos locais indicados?

Segundo a médica veterinária da Royal Canin Brasil, Natália Lopesuma das estratégias que pode ser utilizada é dar ao cachorro oportunidades de “ir ao banheiro” no local certo. “O tutor pode levá-lo para fora com frequência, especialmente após as refeições, de manhã, ao acordar de uma soneca e após o retorno do tutor, se ele tiver saído. Sempre que o cão fizer suas necessidades no local correto, ele deve ser efusivamente elogiado e recompensado. Os animais de estimação não devem ser punidos se acidentes acontecerem, em vez disso, basta o tutor limpar, sem dar atenção ao fato”, relata a profissional.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.