37.7 C
Brasil
domingo, agosto 14, 2022

Inteligência artificial e acessórios com LED: tecnologia invade mundo pet

Com tutores cada vez mais conectados, empresas apostam em soluções inovadoras para bem-estar de animais de estimação

Publicidade

A pandemia estimulou a chegada ao mercado de novas empresas focadas em soluções inovadoras. De acordo com a Associação Brasileira de Startups, em 2021, foram abertas mais de 1.400 empresas desse tipo com investimento recorde na casa dos US$ 10 bilhões. Muitas nasceram focadas no mercado pet, que no mesmo período faturou R$ 51,7 bilhões, conforme levantamento do Instituto Pet Brasil.

Os novos produtos e serviços disponibilizados no mercado precisam atender ao comportamento do público, cada vez mais conectado. De acordo com a empresa de pesquisas GfK, 71% dos lares estavam conectados em 2019. Em 2020, o número saltou para 83%. Por isso, consagram-se no mercado as empresas que têm a tecnologia em seu DNA.

Publicidade

É o caso da Pinn Pet, que lançará na PET South America 2022, realizada de 17 a 19 de agosto, o Assistente de Comportamento e Saúde. O aplicativo permite que os tutores relatem diariamente o estado de saúde e os hábitos de seus animais. Ao acessar o app, o usuário irá informar se o pet está feliz ou triste, se está dormindo muito, vomitando ou diversas outras possibilidades. Com base nessa descrição, o tutor será direcionado para uma melhor solução graças à inteligência artificial.

Crazy Donut da Mimo

Walex Mateus, chief marketing officer da Pinn Pet, explica que, se houver necessidade, o Assistente poderá indicar um profissional ou local próximo para atendimento do pet. Também poderá oferecer um resumo das principais respostas de especialistas e de buscas do Google sobre uma determinada condição notada no animal.

A tecnologia no mercado pet está presente até em itens mais clássicos. A empresa Harmonia das Letras desenvolveu jornais exclusivos para higiene dos pets que substituem os tradicionais jornais velhos que, em vez de serem descartados, eram utilizados por tutores para as necessidades fisiológicas dos animais de estimação. Papéis que podiam conter pragas e até tinta tóxica.O lançamento da empresa será feito também na PET South America. O produto é de papel reciclado, de alta absorção, higienizado e biodegradável.

Para torná-lo ainda mais interessante, recentemente, a Harmonia das Letras fechou uma parceria com a Mauricio de Sousa Produções e licenciou a impressão do Jornal Turma da Mônica Pets. Nele, a criança pode fazer atividades de passatempo, como pintar e colorir, e ler tirinhas e dicas. Depois, em vez de ir para o lixo, o jornal pode ser utilizado para os pets, como banheiro. Um produto ecologicamente correto e que atende cães, gatos, roedores e aves. “É um item desenvolvido com tecnologia voltada à saúde dos pets e que também prioriza a sustentabilidade do planeta. Trata-se de um jornal higienizado, impresso com tinta à base de água para não causar alergias”, conta Joseph Henri Hayfaz, diretor da empresa.

Publicidade

No grupo Petlove, que reúne diversas inovações em um dos maiores ecossistemas pet do Brasil, a tecnologia é empregada desde os planos de saúde, que podem ser contratados 100% online, até no desenvolvimento de uma linha de ração premium natural, da marca True, que elimina farinhas de vísceras de sua composição. “Hoje, atuamos de formas variadas em nossas marcas de modo que possamos facilitar o dia a dia tanto na frente do B2B quanto no B2C, sempre prezando pelo melhor que há em termos de tecnologia e levando em conta as necessidades dos pets e daqueles que atuam no setor”, afirma Hugo Rodrigues, CEO do Vet Smart e DogHero.

Assistente de Comportamento e Saúde

Acessórios

O LED é o destaque em peças que a Mimo, empresa do grupo Multilaser, apresentará na próxima edição da PET South America. Guias, coleiras e peitorais ganharam iluminação para manter os cães sempre à vista nas caminhadas noturnas. O tutor pode escolher por mantê-los totalmente acesos ou optar por diferentes velocidades para o acessório piscar. Depois do uso, basta carregar com um cabo USB por cerca de 2 horas para uma autonomia que pode chegar a 7 horas.

Os donos de gatos também poderão contar com acessórios que ganharam LED. É o caso do Crazy Donut, um brinquedo eletrônico interativo que se move em três velocidades. Uma pena acoplada ao acessório chama a atenção dos felinos, que têm os sentidos de caça aguçados. A brincadeira faz com que o gato se mantenha ágil, fisicamente forte e mentalmente estimulado. O Crazy Donut é programado para funcionar por 8 minutos. Após esse tempo, ele para automaticamente. O LED permite que a brincadeira siga no horário noturno. “A Mimo está investindo em produtos de tecnologia, pois acredita que ela pode unir tutores e pets, além de trazer tranquilidade e facilidade ao dia a dia”, afirma Bruno Ancona, coordenador de Produto PET na Multilaser.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.