24.9 C
Brasil
sábado, outubro 1, 2022

Filhote de cachorro em casa? Dicas para superar com sucesso os primeiros meses

Publicidade

Expandir a família com um filhote de animal é uma decisão que não deve ser tomada de ânimo leve. Adotar um cachorro é uma aventura que pode parecer emocionante, e é. Mas também é uma responsabilidade pela vida.E nem sempre é um caminho de rosas.

Aqui, damos-lhe uma série de dicas para o cuidar do filhote nos primeiros meses de vida:

Primeiros dias em casa:

Os primeiros dias são fundamentais para adaptar o novo membro da família. Antes de chegar em casa, é recomendável que você tenha suas coisas prontas:

Publicidade

Uma cama confortável: adequada para sua idade e tamanho, onde você pode descansar.

Alimentador e bebedor: você deve sempre ter água limpa à sua disposição e comer cerca de 3 vezes ao dia quando é um filhote.

Brinquedos: os filhotes são brincalhões e incansáveis. Se colocarmos brinquedos à sua disposição, impediremos que ele morda coisas que não deve. Eles também irão divertir e se desenvolver melhor.

Tapetes Higiênicos: isso pode ser muito útil para ensiná-los a fazer suas necessidades em um local específico.

É muito importante pensar em que comida vamos dar.

Quando tivermos tudo pronto, devemos pensar sobre onde vamos colocar o filhote. Você deve ter uma área tranquila, onde possa se refugiar.Recomenda-se que sua cama e suas coisas não estejam em uma área de passagem contínua.

Publicidade

O melhor que podemos fazer nos primeiros dias é não sobrecarregá-lo. Se for pequeno, podemos restringir uma área da casa.O filhote deve se acostumar a passar alguns momentos do dia lá. Assim, ele aprenderá a relaxar desde tenra idade e associar sua área a um lugar tranquilo.

O melhor é que, quando o pequeno chega em casa, temos alguns dias livres para dedicá-los à sua adaptação e ensiná-los a ser apenas progressivamente.

Período de sensibilização:

Esta é uma das etapas mais importantes na vida dos filhotes. É entre 2 e 4 meses. Esta etapa é o que marcará o caráter do cão adulto.
É imperativo que, durante esses meses, os filhotes sejam expostos ao máximo possível de situações. Sempre, levando em consideração que a exposição deve estar associada a um estímulo positivo.

Filhotes devem estar com todos os tipos de pessoas, crianças e adultos. Eles devem se relacionar com outros animais, cães e gatos, de todas as idades e tamanhos. E eles devem se acostumar com barulho, viagens, etc.

Se esses meses não enfrentarem todas essas situações diferentes, no futuro eles poderão desenvolver problemas comportamentais. Medo ou agressividade são alguns dos problemas que podemos encontrar.

Às vezes, nesta fase, existem contradições para o proprietário. É assim, porque também corresponde ao estágio de vacinação. É arriscado que eles saiam e interajam com animais que não são adequadamente vacinados. Para fazer isso, eles devem terminar o cronograma de vacinação primeiro.

Assim, eles conhecerão diferentes ambientes e ruídos. Também podemos apresentar cães a amigos e familiares que sabemos que são saudáveis e vacinados. Ao fazer isso, garantiremos que nosso filhote esteja equilibrado e feliz.

Educação

A vida dos filhotes é um aprendizado constante. É muito importante que, nos primeiros meses, nos concentremos em educá-los nos comportamentos que queremos que eles tenham quando adultos. Cães são animais que aprendem muito mais rápido se são ensinados a recompensá-los. Ou seja, uma educação positiva.

Quanto mais tempo você passa com seu filhote, mais fácil será educar e corrigir maus comportamentos. As diretrizes de educação mais básica são:

A chamada: aprenda a ir quando for chamado pelo nome. Isso é algo simples. Mas não cometa erros como repreendê-lo quando ele vier até nós, se ele não tiver chegado à primeira ligação. Nesse caso, o cão associa a chamada e seu nome como algo negativo. Toda vez que nosso filhote nos procura, devemos recompensá-lo.

Ordens básicas: essas ordens são: sentado, deitado e parado. Podemos ensinar nosso cão recompensando suas posturas naturais no início e associando-as à palavra que queremos usar e a um prêmio. Eles o consideram um jogo e aprendem sem nenhum problema.

Comportamento higiênico: essa é talvez a parte mais entediante do ensino de filhotes. É aconselhável usar absorvedores de água primeiro. Os filhotes costumam fazer suas necessidades logo após acordar, depois de comer e depois de brincar. Nos primeiros dias, devemos estar muito atentos e colocá-los em cima dos absorventes para fazê-lo lá. Pouco a pouco eles vão se acostumando, e agora podemos nos acostumar a fazê-lo na rua quando são adequadamente vacinados.

O mundo da educação e da convivência com cães em casa é muito extenso, mas se você seguir esta série de dicas, poderá ter uma convivência agradável e aproveitar a magia de ter um amigo de quatro patas.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.