20.7 C
Brasil
quinta-feira, julho 7, 2022

Como evitar que um cachorro fique entediado

Publicidade

Seu cachorro está entediado? Não é um problema menor. Os cães são animais sociáveis ​​que precisam de sua companhia para seu bem-estar, além de exercícios, cuidados e estímulo mental.

É por isso que é importante que você se preocupe em manter seu cão físico e psicologicamente ativo. O tédio causa frustração e pode levar a diferentes problemas de comportamento, como destrutividade ou latidos excessivos.

A importância do passeio com o cachorro

Publicidade

Para os cães é essencial dar um passeio. Mesmo que tenham um terreno para curtir o ar livre, precisam do tempo de estimulação que o exterior implica, que é uma fonte constante de novos cheiros, estímulos e a possibilidade de interagir com os seus pares.

Não importa o tamanho do seu jardim, ele tem muito tempo para explorá-lo totalmente várias vezes ao dia. Se não ele ficará entediado nas horas restantes. Os passeios devem ser adaptados às características do cão. Um cachorro não precisa da mesma atividade que um homem velho ou um galgo que um buldogue. A quantidade e a duração devem ser ajustadas à sua energia.

A média é de 3 caminhadas diárias, sendo pelo menos uma longa. Um cão que conseguiu liberar sua energia é mais fácil manter a calma em casa e será mais receptivo ao aprendizado. As caminhadas devem ser feitas com guia de aproximadamente 1-1,20 metros. Podemos liberá-lo em locais autorizados. É recomendado para ele correr e jogar.

Educação básica para cães

Uma boa maneira de manter seu cão entretido e fornecer estímulo mental é educar. Ensiná-lo a atender o nosso chamado, a sentar-se, a ficar quieto ou a caminhar conosco sem guia são fundamentais que todo cão deve conhecer para uma convivência bem sucedida na sociedade.

Publicidade

Podemos adicionar mais pedidos dependendo da sua capacidade . Nós não apenas fornecemos entretenimento, mas também fornecemos ferramentas para reduzir o estresse. Os cães precisam de previsibilidade e, em tempos de confusão, ouvir-nos pronunciar uma palavra que eles entendem ajuda-os a compreender o que se espera deles.

Brinque com seu cachorro

Brincar é a primeira atividade que vem à mente quando você pensa em acabar com o tédio. Os cães adoram brincar e é bom dedicarmos algum tempo do dia a isso, principalmente nos cães mais novos. Perseguições, bolas, corridas e qualquer outro jogo que você goste são bons para se divertir.

Dependendo de suas características e do espaço disponível, podemos construir nosso próprio circuito de agilidade com cones, passarelas, gangorras ou alturas para pular. Outra ideia interessante de que os cães farejadores gostam é localizar objetos escondidos. Veja o que seu cão mais gosta e oriente as brincadeiras para suas atividades favoritas.

Ofereça-lhe diferentes tipos de brinquedos à sua escolha: bolas, bichinhos de pelúcia, mordedores, com som, inteligência, etc. A variedade é enorme. É uma boa ideia ter um estoque para rodar. Ou seja, vamos doá-los e guardá-los para que você sempre aproveite a novidade. Verifique-os de vez em quando e jogue fora os que estiverem danificados.

Divirta seu cachorro quando ele está sozinho

Se estabelecemos uma rotina para o nosso cão, passeamos com ele, brincamos com ele e o estimulamos mentalmente, será melhor ele aceitar ficar em casa apenas as horas em que devemos sair.

O normal é que dedique esse tempo para descansar e se ativar novamente assim que chegarmos. Mas para cães mais jovens ou mais ocupados, pode ser necessário deixar algo para fazer, para que não fiquem entediados enquanto esperam. Assim, os brinquedos do tipo kong são uma boa ideia, pois é necessário movê-los para obter o alimento prêmio.

Para os cães que têm a sorte de ter jardim ou pátio, podemos também preparar algumas atividades ao ar livre, se o tempo o permitir. Por exemplo, uma bacia com água ou apenas sujeira para fazer buracos pode ser uma boa diversão mesmo quando não estivermos lá.

Leve seu cachorro para qualquer lugar

Os cães estão sendo aceitos em cada vez mais lugares. E é ótimo porque um cachorro, acima de tudo, quer estar com você. Você é a referência deles. Um cão bem comportado e calmo será bem recebido em diversos estabelecimentos, como cafeterias, transportes públicos e cada vez mais há empresas que permitem funcionários ir ao trabalho com o cão.

Também pode acompanhá-lo nas férias. Nesse caso, informe-se sobre os requisitos tanto para o transporte como no destino e anote um veterinário de referência para qualquer imprevisto. Outra opção é formar um grupo de cães, para que possam conhecer outros cuidadores para que os cães possam brincar e conviver.

Esses grupos também podem ser reunidos por profissionais para ministrar aulas de educação canina ou, em geral, estabelecer contato entre cães e, assim, promover sua socialização. Por fim, principalmente se ficarmos muitas horas longe de casa, podemos considerar a possibilidade de contratar um passeador de cães ou uma creche.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.