21.7 C
Brasil
segunda-feira, outubro 18, 2021

Como anda a saúde do coração do seu cão?

Publicidade

Assim como os humanos, os cães também precisam de cuidados com o coração. Com impactos diretos na saúde, bem-estar e, especialmente, na expectativa de vida dos cães, as cardiopatias englobam uma série de doenças que podem alterar e dificultar o funcionamento do órgão, gerando sérias complicações para o pet.

O Setembro Vermelho marca um importante período de conscientização sobre o tema. O mês foi escolhido para abordar a temática, pois em 29/09 é comemorado o Dia Mundial do Coração.

Publicidade

As cardiopatias costumam apresentar sintomas silenciosos e, muitas vezes, o animal só é diagnosticado quando está em um estágio avançado da doença. Embora cada uma dessas enfermidades tenha particularidades, em relação aos sintomas e tratamentos, o diagnóstico precoce permite garantir mais qualidade de vida aos cães.

Por isso, é imprescindível que o tutor consiga identificar alguns sinais de alerta para buscar ajuda do médico-veterinário.

Mas, como saber se o cão sofre com alguma patologia cardíaca? A
médica-veterinária e gerente de produtos da Unidade de Pets da Ceva, Nathalia Fleming, listou os seis sinais de alerta para cardiopatias. Confira:

Cansaço: O animal apresenta sinais de cansaço em atividades rotineiras, nos passeios, por exemplo, ele para várias vezes para descansar e fica ofegante com facilidade.

Mucosas e língua azuladas: Esse sintoma chama-se cianose e é caracterizado pela alteração na mucosa e/ou língua do cão que apresenta tom azulado. Esse é um indicativo que o pet pode estar sofrendo com alguma alteração cardíaca ou de circulação.

Tosse: Esse sintoma pode estar presente e associado a diversas doenças, mas é importante que o tutor se atente a frequência. Se o animal apresentar tosse seca e crônica  é importante acender um alerta.

Inchaço: O animal pode apresentar acúmulo de líquidos no abdômen. O tutor poderá notar que a região fica mais inchada. Além disso, é importante se atentar ao surgimento de edema nas patas.

Alterações comportamentais: O animal reluta em realizar atividades que antes eram prazerosas, como passear, brincar ou correr. Alguns podem ficar mais reclusos, evitando sair da cama, ou até mesmo se esconder em algum cômodo da casa.

Dificuldade respiratória: As cardiopatias dificultam o bombeamento sanguíneo o transporte de oxigênio e a respiração. Além disso, fluidos podem acumular-se nos pulmões, provocando uma súbita e grave dificuldade respiratória Dessa forma,  o animal pode apresentar dificuldade para respirar ficando ofegante mesmo em momentos de repouso.

Ao pensar na saúde cardíaca dos pets é fundamental reforçar a importância das visitas frequentes ao médico-veterinário. “No caso das doenças cardíacas o diagnóstico precoce é imprescindível para que seja possível determinar o tratamento adequado que irá proporcionar mais conforto ao animal, assegurar o correto acompanhamento do quadro clínico e auxiliar no aumento da expectativa de vida.”, finaliza Nathalia.

Sobre a Ceva Saúde Animal

A Ceva Saúde Animal é uma multinacional francesa, comprometida com o desenvolvimento de produtos inovadores para o mercado de saúde animal. A empresa, que está presente em mais de 110 países, foca sua atuação na produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia e produção. Mais informações em: www.ceva.com.br

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui