25.1 C
Brasil
sábado, outubro 1, 2022

Com a chegada da primavera, descubra quais são os cuidados com a higiene e saúde do seu cachorro nesses dias

Na estação mais florida do ano, conheça a importância dos cuidados relacionados à higiene para a saúde de seu pet

Publicidade

Alguns cuidados que se deve ter com os doguinhos na época da primavera além da tosa – já que não é uma questão meramente estética, também é a hidratação, pois nesta estação ocorre uma mudança de temperaturas e os dias são mais longos, quando o sol brilha por mais tempo no céu, então prepare a água fresquinha. Outro cuidado que merece atenção é com a manifestação de pulgas e carrapatos, pois com o calor desta época eles se proliferam mais. Aparar os pelos pode ajudá-los a se movimentar melhor e trazer mais conforto durante as estações mais quentes.

Os cachorros regulam a temperatura corporal pela troca de calor com a língua. Mas, se o tutor disponibiliza um colchão térmico para o peludo, ele acaba aproveitando mais. “A tosa ajuda os pelos a não embolar, melhorando a qualidade de vida dos cachorros e mantendo a higiene em dia. Esses cuidados também ajudam no controle das pulgas e feridas causadas pelo clima mais quente e pela umidade elevada. Por ser uma estação chuvosa, o cuidado com a secagem do pelo dos doguinhos é essencial para não ajudar na proliferação de bactérias”, diz Thiago Calixto, sócio-fundador e diretor de expansão da Doggi, startup de banho e tosa para cachorros com agendamento por aplicativo.

Cachorros com pelos compridos devem sempre manter o corte em dia. Para tanto, o especialista recomenda sempre a procura de um profissional para indicar a melhor tosa para determinada raça. O ideal é que seja realizada ao menos uma vez por mês junto ao banho do animal, mas a periodicidade pode variar de acordo com as características do pelo do seu animal.

Publicidade

“Para os tutores que realizam o procedimento de banho e tosa de casa, é recomendado que deixe o cachorro bem seco e, em caso de cachorros com pelos longos, sempre bem escovados para evitar nós. O tutor precisa possuir experiência e saber manusear os equipamentos adequados. Do contrário, procure um profissional para fazê-la”, completa Calixto, que tem mais de 15 anos de experiência na área.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.