20 C
Brasil
segunda-feira, agosto 15, 2022

Carrapatos e pulgas no frio? Se conscientize sobre a importância de impedir parasitas no inverno

Publicidade

Todos já sabem que no período do verão, as temperaturas elevadas fazem com que carrapatos e pulgas se proliferem tanto nos cachorros quanto nos gatos, pois elas facilitam a reprodução desses parasitas no pelo dos animais. Entretanto, a prevenção no decorrer das baixas temperaturas também é necessário para manter o pet e o ambiente livres desses bichinhos indesejados.

Mesmo que essa estação não seja o momento mais comum e propício para a reprodução dos ectoparasitas, qualquer descuido nessa época do ano pode acarretar reinfestações severas ou até mesmo abrir portas para a contaminação dos pets com uma série de graves doenças, como se já não bastasse o incômodo e a coceira que as picadas de pulgas e carrapatos promovem, ambos também podem transmitir doenças bastante relevantes para os animais.

Publicidade

“As pulgas estão relacionadas aos casos comuns de dermatite alérgica e podem ser responsáveis pela infestação de vermes como o Dypilidium caninum. Já os carrapatos, além da irritação intensa de pele promovida por suas picadas, são os vetores responsáveis por doenças sérias, como a Babesiose e Erliquiose”, explica a médica-veterinária e gerente da Unidade de Pets da Ceva Saúde AnimalFernanda Ambrosimo.

“A melhor maneira de combater esses parasitas é investir no chamado controle integrado, que engloba uma série de medidas para o tratamento simultâneo do animal e do ambiente. Dessa forma será possível eliminar as pulgas e carrapatos em todas as suas fases da vida”, detalha Fernanda.

Mesmo no inverno, é essencial manter o uso de produtos ectoparasiticidas de forma mensal, ou de acordo com indicação em bula, pois esses fármacos auxiliam em prevenir e eliminar pulgas e carrapatos que estejam em contato com a pele e os pelos dos pets.

“Prevenir é sempre a melhor opção. Por isso, reforço que os tutores devem manter os pets protegidos e existem diversos produtos no mercado para auxilia nessa missão”, finaliza a especialista Fernanda.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.