21.1 C
Brasil
segunda-feira, dezembro 5, 2022

Alimentos humanos recomendados para cães

Publicidade

Para nós, comida é compartilhar e faz parte dos nossos bons momentos. Assim, sentimos a vontade irreprimível de oferecer comida ao nosso querido cão, que também nos olha com olhinhos … Mesmo que seja apenas um pedacinho …

Sabemos que, mais cedo ou mais tarde, cairemos inevitavelmente. Nada acontece, desde que a comida que escolhemos seja adequada para cães. Nem todos os alimentos que consumimos diariamente funcionam para eles. É por isso que é importante saber o que dar a eles.

O papel social da comida

Assim como nos relacionamos com outras pessoas por meio da comida, o mesmo acontece com os cães. A comida não só tem uma função nutricional óbvia e fundamental, mas também serve para fortalecer a relação cão-cuidador.

Publicidade

Também para encorajar o cão a aprender qualquer ordem ou truque que queiramos ensinar a ele. É uma motivação. Mas, como vamos dar algo a ele, é melhor que seja o mais saudável possível e sempre levando em consideração as circunstâncias específicas de cada cão.

Em primeiro lugar, não podemos dar a todos os cães a mesma comida. Você tem que olhar para suas características. Assim, se nosso cão tem problemas de excesso de peso, devemos evitar o excesso de calorias ou, se ele sofre de alguma doença, devemos escolher alimentos que não sejam prejudiciais dependendo de sua patologia.

Nem é bom recorrermos às sobras. Um pedaço de frango não é ruim, mas ingredientes domésticos comuns, como leite ou chocolate, podem ser prejudiciais e até tóxicos. Um cachorrinho pode morrer de tanto comer chocolate. O mesmo acontece com pratos com muita gordura ou sal.

Claro, esqueça o álcool, a cafeína ou o açúcar. Em qualquer caso, a menos que tenhamos optado por alimentar o nosso cão com uma dieta caseira, sempre indicada por um nutricionista de cães, a comida que lhe daremos será para consumo ocasional. No dia a dia, você seguirá uma dieta de qualidade e balanceada adequada ao estágio da sua vida.

Dicas para alimentar nosso cachorro

Se de vez em quando recompensamos nosso cão com comida, será impossível para ele saber quando será sua vez. Isso pode fazer com que ele sempre pergunte, até subindo em cima de nós, na mesa, etc.

Publicidade

Portanto, sempre que você der comida a ele, tente mantê-la em uma rotina. Os cães gostam da previsibilidade de seu ambiente e isso os ajuda muito a evitar o estresse. Por exemplo, dê-o todos os domingos após a escovagem ou após um passeio na praia. Em qualquer caso, ofereça-o apenas quando ele estiver calmo.

Nunca se está subindo na mesa, late ou está obviamente nervoso. Você pode chamá-lo ou mandá-lo sentar e, assim que ele obedecer, dê-lhe comida. Isso reforça um comportamento positivo que você deseja que ele repita.

Escolhendo a melhor comida para seu cachorro

Há uma infinidade de produtos de todos os tipos, fáceis de encontrar em qualquer despensa e perfeitamente recomendados para cães. Nas seções a seguir revisaremos os mais comuns, bem como as dicas para uma administração correta e segura.

Carnes para cachorro

Embora funcionem como onívoros, a verdade é que os cães são animais carnívoros. Por isso, a carne é um alimento que, claro, podemos incluir na sua alimentação. Eles aceitam qualquer: frango, peru, pato, vaca, cordeiro, porco, etc. A melhor preparação é grelhada, cozida ou assada.

Evite temperos, sal ou molhos fritos, maltratados e em excesso. Se você quiser alimentar com carne crua, saiba que ela pode transmitir parasitas ou bactérias. É aconselhável submetê-lo a congelamento prévio ou cozimento leve. As carnes dos órgãos também são comestíveis, assim como os ossos carnudos.

Dê peixe ao seu cachorro

Assim como a carne, o peixe fornece proteínas de origem animal, altamente recomendadas para cães. Tanto o peixe branco como o azul são adequados e a preparação mais adequada segue as mesmas indicações que para a carne. Ou seja, peixe melhor cozido, grelhado ou assado. Dê a ele sem espinhos.

Dê ovos para um cachorro

É outro produto de origem animal perfeitamente adequado para cães. A recomendação é dar cozido, ensopado, cozido ou em omelete francesa, ou seja, nada mais do que coalhado na frigideira. Ovos crus podem conter salmonela e, além disso, um consumo muito excessivo torna-se prejudicial e pode causar anemia.

Legumes saudáveis ​​para o seu cão

Por se comportarem como animais onívoros, os cães também podem consumir vegetais, embora a maioria dos exemplares, se puderem, opte por carne ou peixe. Mas, se o nosso cão tem alguns quilos a mais, para o seu bem é melhor nos concentrarmos neste tipo de alimentação, que lhe proporcionará pouquíssimas calorias.

Lembre-se de que a obesidade não é apenas um problema estético. Cães com excesso de peso correm um risco maior de sofrer de doenças como diabetes ou de ver doenças agravadas, como osteoartrite. Além disso, eles toleram o calor, o exercício ou a pior anestesia. Legumes crus ou desidratados são uma boa opção nesses casos.

Frutas deliciosas para o seu cachorro

Se os vegetais talvez não fossem o prato preferido do seu cão, as frutas tendem a ter uma maior aceitação. Eles também são saciantes e hipocalóricos. Maçã, melancia ou pêra são algumas das opções saudáveis ​​que podemos escolher. Basta lavar, descascar ou cortar.

Os cães podem ter laticínios?

Como algumas pessoas, nem todos os cães toleram o leite. Sua ingestão pode causar problemas digestivos de maior ou menor intensidade. Podemos optar por dar a ele um pedacinho de queijo, o menos gorduroso possível, ou um pouco de iogurte. Se não o prejudicar, esses produtos podem ser incluídos em sua dieta ocasionalmente.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.