30.1 C
Brasil
sexta-feira, julho 1, 2022

2 em cada 3 brasileiros têm um animal de estimação, segundo Censo QuintoAndar de Moradia

Pesquisa mostra quem são os companheiros nos lares do país

Publicidade

Dados do Censo QuintoAndar de Moradia, em parceria com o Datafolha, mostram que os brasileiros não moram sozinhos. Além de 85% dos pesquisados viverem com alguém – seja filhos (37%), cônjuge (23%), pais (10%) ou irmãos (9%) -, ao todo, 61% dos respondentes dividem seus lares com animais de estimação. De acordo com a pesquisa que visa compreender o cenário atual dos lares no Brasil e o comportamento das pessoas com relação à sua casa, os cachorros seguem sendo os melhores amigos, com presença em 47% dos lares. Já gatos e pássaros também possuem grande representatividade, sendo mencionados por 22% e 5% dos entrevistados, respectivamente.

Segundo o levantamento realizado pela maior plataforma de moradia da América Latina com 3.186 pessoas em território nacional, outros animais – como tartarugas, galinhas, coelhos, hamsters e peixes – tiveram 1% cada um.

Publicidade

A preferência por ter um pet apresenta um maior índice entre aqueles que moram em casas. 64% daqueles que moram em um imóvel localizado em ruas abertas ou em condomínios/vilas afirmam que possuem um animal em casa. Entre aqueles que moram em apartamentos, o percentual é de 40%.

Ainda de acordo com a pesquisa, os mais jovens são os que mais dividem o lar com esses animais. Na faixa etária entre 21 e 24 anos, são 67%. O percentual, porém, se mantém estável nas idades mais avançadas, totalizando 62% nas faixas entre 25 e 59 anos e 56% para aqueles com mais de 60 anos de idade.

Os animais estão mais presentes nos lares com renda mais elevada. Entre as pessoas da classe A, 81% possuem um animal de estimação. Entre aqueles na B, o índice é de 66%, enquanto 62% da classe C afirmam ter um pet. Nas classes DE, 52% mencionam a posse de um bichinho, segundo a pesquisa.

“Independentemente da preferência, os animais de estimação são verdadeiros companheiros dos brasileiros e considerados por muitos como parte da família. A pesquisa reforça a necessidade de criarmos formas para que, cada vez mais, os bichinhos transitem e vivam bem junto de seus donos, seja em casas ou nos apartamentos”, comenta Thiago Reis, gerente de Dados do QuintoAndar.

Publicidade

Confira aqui o levantamento completo.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.