25.1 C
Brasil
sábado, outubro 1, 2022

10 dicas de como alimentar filhotes de cão

Publicidade

Cães são animais que obtêm mais nutrientes e energia de sua dieta. Infelizmente, atualmente não há uma grande quantidade de comida de cachorro que possa fornecer uma dieta equilibrada e correta, o fato de que as pessoas que cuidam desses cães não sabem a maneira correta de alimentá-los é muito pior.

Portanto, para garantir que esse amado animal de estimação cresça forte e corretamente, é apropriado determinar essas dicas para alimentar o filhote corretamente, para que ele possa ter um desenvolvimento ideal e um grande crescimento ao longo dos anos.

O que saber para alimentar um filhote adequadamente

Publicidade

1 .- Alimente-o com alimentos especialmente criados para eles : Embora possa parecer muito óbvio, muitas pessoas tendem a alimentar os filhotes com qualquer tipo de alimento, podendo chegar a extremos absurdos de alimentar um cão com comida de gato.

Escusado será dizer que essa prática comentada não deve ser feita, ao invés disso, optou por procurar aquele alimento criado especialmente para filhotes, que pode conter os principais nutrientes que esse animal de estimação mais precisa nos primeiros anos de vida.

2.- A comida para os filhotes tem que ser de qualidade : Atualmente, muitas pessoas compram a primeira comida de cachorro que podem encontrar na loja, sem realmente saber se tem todas as características necessárias para ser uma comida de qualidade. Portanto, para evitar isso, é conveniente fazer uma leitura rápida de tudo o que a embalagem da ração tem na parte externa.

Se o alimento que você pretende comprar atende às seguintes características, pode ter certeza de que é de qualidade:

Possui alta dose de nutracêuticos, podendo encontrar entre esses nutrientes os condroprotetores e prebióticos conhecidos.

Publicidade

Esses alimentos são muito fáceis de digerir, sendo rapidamente assimilados pelo organismo do canino dentro de alguns instantes depois de consumidos. Este ponto pode tornar as porções de alimentos por dia muito menores, além de tornar as fezes do animal muito menos volumosas do que deveriam.

A comida deve ter uma alta taxa de apetite . Em outras palavras, você deve ter um bom gosto para que o filhote possa aproveitar mais a comida. Ao contrário dos humanos, filhotes e cães em geral percebem o paladar de uma maneira intimamente ligada ao olfato, concluindo que, para um cão comer alguma coisa, isso deve primeiro cheirar muito bem.

3.- O tamanho do filhote influencia sua alimentação : os cães têm um grande número de diferentes tamanhos e formas quando se trata de sua fisionomia, constatando que essa é a principal característica que se destaca nos animais de sua linhagem. Portanto, lembre-se de que você deve escolher o alimento para seu filhote com base também no tamanho, sendo o tamanho adulto que você deve escolher em vez do tamanho atual como filhote.

Muitas classificações podem ser encontradas no que diz respeito ao tamanho dos cães, para que você possa encontrar o seguinte que o ajudará a determinar qual o tamanho desse cão apenas crescendo:

Tamanho em miniatura ou X-Small , que pesa até 4 kg na idade adulta.

Tamanho pequeno ou mini , sendo esses cães que pesam até 10 kg na idade adulta.

De tamanho médio porte ou médio , são os que pesam entre 11 e 25 kg quando adultos.

Tamanho grande ou maxi, com peso entre 26 e 44 kg.

Tamanho grande ou gigante, sendo cães que excedem 45 kg de peso quando já são adultos.

4.- A raça do cão : Algumas das informações básicas que você pode obter do seu animal de estimação com base no seu crescimento podem ser conhecidas pela raça que é. Lembre-se de que existem raças específicas que possuem uma dieta específica e recomendada para o filhote crescer com força e volume.

5.- A idade do filhote : Alguém acreditaria que conhecer o peso e a raça do animal já pode determinar a melhor alimentação. No entanto, a idade também é uma chave fundamental para saber o que alimentar o cão, pois nesse período o animal passa por várias fases de crescimento. Eles podem precisar de um alimento formulado da mesma maneira que os bebês!

6.- Não exceda ou limite a ração recomendada: esta ração diária de alimento deve ser considerada com base na quantidade de exercício que o filhote realiza por dia, podendo complementar perfeitamente sua dieta com os melhores exercícios caninos para seu desenvolvimento.

7.- Comer em horários fixos : absolutamente todos os cães precisam de uma rotina de alimentação homogênea, para que não tenham que desenvolver nenhum tipo de ansiedade associada à comida, o que lhes permitirá obter nutrientes mais rápidos e controlados que esses alimentos têm a lhe oferecer.

8.- Diga adeus aos suplementos alimentares para cachorros: Lembre-se de que os suplementos alimentares para cachorros são necessários apenas quando o canino não pode absorver os nutrientes necessários a partir de seus alimentos ou se, por um motivo ou outro, não puder mais comer esses alimentos Recomendado para a sua idade.
Se o seu cachorro está comendo bem e você está fornecendo nutrientes suficientes com base nas dicas acima mencionadas, não precisará se preocupar em dar suplementos a ele a qualquer momento. Caso contrário, não hesite em usá-los!

9.- Não alimente o cão com a comida: Este ponto não é apenas ser firme com o animal, mas entender que esse tipo de ato é notoriamente prejudicial à alimentação. Não incentive o seu animal de estimação a pedir comida!

10.- Deixe o filhote beber a quantidade de água necessária : Finalmente, parte da alimentação cai na água que o filhote consome diariamente, sendo este elemento um dos mais fundamentais quando se trata de alimentar os filhotes.

Leve essas dicas em consideração para alimentar cães pequenos e não hesite em pedir ajuda quando se trata de cuidar adequadamente de um animal.

Últimas Postagens

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.